segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

"Poetizando e Encantando" Renovem-se os corações.

Que cada um receba o novo ano de braços abertos e de coração renovado para enfrentar mais trezentos e sessenta e cinco dias. Claro, um dia de cada vez. 
Que o fogo de artificio se transforme, em cada coração, em humildade, lealdade e humanidade.  Que nunca falte trabalho, paz e amor em cada lar. 
==================================
==================================
Brindemos então ao Ano que vai nascer,  com a Professora Lourdes  Duarte  e outros amigos que nos visitam deixando, cada um à sua maneira o seu carinho... Em meu Nome e da Nataline, muito Obrigada por este meio ano de convivência.

Um excelente Ano de 2019 para todos. 
" Semear boas acções, para colher amor" ... 'Daniela Branco'

sábado, 29 de dezembro de 2018

O abandono dos ... " BANCOS "

Muitas pessoas se queixam do stress da vida. Cada vez mais os euros são menos não havendo assim necessidade de se deslocarem ao " banco". A verdade é que as pessoas, cada vez mais, abandonam os bancos à sua sorte.


Ainda se poderia pensar que este banco, estava abandonado por as pessoas saírem das aldeias e virem para os grandes centros urbanos. No entanto, verifica-se que, até nas cidades o abandono dos bancos é uma realidade actual.


Será falta de euros ou será por as pessoas não terem tempo de irem ao "banco"?

" Frase "

Que em cada coração exista todos os dias o espírito Natalício, visto que, muitos estômagos, estão vazios todos os dias do ano.

( Nataline )

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

O custo de um saco para o lixo...em olhar critico

O MEU OLHAR CRITICO


Algumas pessoas deste Povo têm toda a razão. É que o recipiente do lixo está tão longe que não dá mesmo para caminhar até ele. Também esse (o recipiente) está tão cheio que nem a tampa abre.


Sabemos que alguns doces - passe a publicidade - como as muitas prendas oferecidas, neste Natal, como geralmente acontece em todas as época festivas, nos levam todos os euros que temos disponíveis.


Daí não haver euros que sobrem para comprar um saco próprio para lixo que custa entre 4 e/ou 5 cêntimos. Claro que as pessoas que varrem as Ruas têm que ter trabalho, para além de terem emprego, não é verdade?
" Frase "

Não sujes o chão por onde caminhas, para que os outros, não tropecem no teu desleixo.
* Nataline *

***

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Feliz Natal ... Festas abençoadas


Resultado de imagem para Feliz Natal em gif

Que a Paz e o Amor sejam a luz mais brilhante que ilumine os nossos corações, neste Natal, e Sempre.

A administração:

" Nataline "
* Daniela *

sábado, 22 de dezembro de 2018

Ame com amor verdadeiro ( Poetizando e Encantando )

POETIZANDO E ENCANTANDO  NATALINO  66ª EDIÇÃO


É Natal, Sinto como chora o meu coração
Não é de dor, nem mesmo de compaixão
É, certamente, pelos dissabores do dia a dia
Doze meses, tem o ano, em que vivemos
Passamos, não olhamos, até corremos
Vivendo nas pressas da pobre hipocrisia
.
É Natal. Sinto no meu coração esta fina dor
Por ver um mundo que vivendo no desamor
Passam os dias, as noites e a pobreza, talvez
Que dorme no vão das escadas, nos passeios
Onde os ricos se desviam e fecham os anseios
Falso amor, que por decência, existe este mês
.
É Natal. Que se abram os corações de verdade
Que se acolha o lado bom da sinceridade
Que a hipocrisia não torne o homem desumano
Um olhar, um pouco de pão, sem lamento
Que façamos da solidariedade, comportamento
Lembrando que quem sofre, é um ser humano
-------------------------------------------------------


Que se dêem as mãos em todos os dias do ano a fim de que o mundo seja mais amigo, fraterno, e o amor seja um amor verdadeiro, um Amor de Jesus.


" Frase "

Dê um pouco do seu lanche a quem lhe estende a mão. Só estende a mão quem não tem lanche. 


A administração ( Nataline e Daniela) do nosso pequenino blogue deseja a quem nos visita, comenta, um Santo e Feliz Natal, Que o Amor por quem o/a rodeia, nunca acabe dentro do seu coração

Grata/s pelo convite formalizado pela profª Lourdes Duate, administradora do blogue, Filosofando com a vida.

"" Nataline""

Festas felizes, nos corações de todos


Numa passagem pela Cidade de Águeda, - no centro do País - quando regressava do Porto, no fim da semana passada. Decidi vir por fora da via rápida para ver com os próprios olhos, depois de ter ouvido na TV  sobre o maior e o menor Pai Natal do Mundo. Apercebi-me que haviam ruas enfeitadas, mas, o tempo era escasso e apenas fotografei quase em andamento esta Beleza Natalícia. Fiquei fascinada, e com curiosidade de voltar para conhecer melhor outros recantos da Cidade.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Com isto, aproveitamos para desejar a todos um Santo e feliz Natal. Que todos tenhamos alegria para esta quadra festiva. Um feliz 2019 para todo o Mundo.

Agradecemos também todo o carinho dos amigos blogueiros que fizemos neste meio ano de vida. No ano vindouro esperamos contar novamente com a presença de todos. Obrigada.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
" Ofereça, um sorriso, um gesto, uma palavra de conforto. São as acções que definem o carácter de cada um "...Daniela Branco.

FELIZ ANO DE 2019

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Hortinhas urbanas e seus desígnios visuais


Esta hortinha maravilhosa, bem tratada, sita-se na periferia - mesmo junto - de uma cidade portuguesa, nos arredores de Lisboa. Reparem como está - estava - vedada às "mãos curiosas" por uma rede, que circunda - circundava - toda a área.


Rede que, vista de outro ângulo, foi cortada e por "bondade" de alguém, levada. Talvez para fazer uma capoeira para galinhas ou coisa do género. Estão a imaginar como é que o proprietário da hortinha resolveu o assunto?


Acreditem que é verdade. A falta da rede, foi substituída por uma fila de canavial, e ao meio desse, foi feita um género de uma "portinha" de acesso à hortinha, feita de pedaços de paus e ramos secos.
Será que quem, por "bondade" cortou e levou a rede, vai também levar esta portinha tão original?

Há coisas fantásticas não há?
🙂
Frase "

O respeito por aquilo que não é nosso, é o "caminho", que nos conduz, pela "estrada" da felicidade.

" Nataline "

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

O " Encanto " e o " Desencanto " ( NATAL )

A vida é ( também) composta por encanto e desencanto


" ENCANTO " - Árvore de amor, maravilhosa, onde tudo é encanto, Árvore que nasce encantadora, mas que, infelizmente, tem morte anunciada. Dura menos de um mês...


" DESENCANTO " - O comportamento humano não passa de um enorme buraco, qual passagem, para outra dimensão, onde tudo existe, menos sorrisos francos e duradouros, amizade sincera, diálogo puro, ajuda aos mais desfavorecidos. A solidariedade, chega e parte, como o vento. Dura apenas alguns dias.

O Natal é cada vez mais um "embuste". Cada vez mais se torna comercial. Cada vez menos se comemora o nascimento de Cristo, na mais pura acepção da palavra e bondade de coração.

Se repararem, junto aos caixotes do lixo, a seguir ao dia de Natal, encontram-se bocados de bolo Rei.
Essas pessoas que deitaram fora tão saborosa iguaria, lembraram-se que tanta gente nem um pouco de pão tem para comer, principalmente nos 11 meses do ano em que não existe Natal?. O meu lamento 

" Frase "

Não precisa de dar um sorriso ao pobre. Basta dar-lhe um pouco do que lhe sobra.


Sobras

Saído do coração

FELIZ NATAL
" Nataline "

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

O outro lado do Espírito Natalício


O mês de Dezembro, de todos os anos, é um mês de amor, amizade, união, solidariedade, em que os sorrisos afluem ao rosto, e se ouve a palavra de Deus, com maior assiduidade. Celebra-se o dia de Natal.


A grande maioria das mesas ficam (mais) cheias. Recebem-se as famílias, trocam-se presentes, deseja-se que, em cada coração existe Paz e Amor. E nos outros meses do Ano?


Infelizmente, nem todos os meses existe um dia de Natal. A solidariedade é quase esquecida, o pobre descansa sentado num banco de jardim. Vive-se a solidão, e até, muitos estômagos sofrem por vazios.


Outros "choram", e rezam, junto a qualquer "muro das lamentações". Procuram assim, alguma ajuda divina. É que nem todos os meses são Dezembro. E nem todos os meses, existe um dia de Natal ... embora todos esses meses, tenham o dia ... 25.

Um beijinho de todos os dias.
E porque não: FELIZ NATAL

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Calçadas usadas e outras paradas...


Quando os hábitos se mudam, e andar a pé, em certas calçadas deixa de fazer sentido, dando lugar ao musgo, que nos faz lembrar o Natal.


Aqui, quando se colocam em prática as caminhadas, não existe lugar para ervas nem musgos... Mudam-se os hábitos, transformam-se as calçadas...Umas enfeitadas, e outras, gastas.

"A caminhada faz parte de uma vida saudável." ..Daniela Branco.

Imagem relacionada

domingo, 9 de dezembro de 2018

Os efeitos maléficos do canal..."CanasNet""

Estamos da era da informática, e do audiovisual, sendo a internet um meio de comunicação rápida e eficaz. Assim, descontentes com uma determinada situação o que se decidiu fazer, usando o canal: CanasNet?


Um grupinho de canas, reuniram-se junto a este caminho de areia, que liga algumas centenas de residências a um Supermercado, (Lidl). Esse, é normalmente usado por pessoas idosas, que mal podem andar, muitas de pouca visão. Fazem-no por ser perto das suas residências. Vai daí, esse grupinho, com elevado "bom gosto" e ilustrada sabedoria, ligam a Canasnet e ...


Enviando mensagens, reúnem um grupo elevado de Canas, as quais, dispostas a "trabalhar" e a olhar pelo bem estar das pessoas idosas que, diariamente usam aquele caminho, decidem ....


a bem da humanidade, "cortar" o dito, com estes blocos de cimento, ao mesmo tempo que fazem uma vala ao meio do referido caminho. Acontece que, perante o "dançar" ao sabor da música Rock " O Vento que passa", viram hoje uma senhora de cerca de 70 anos, usando uma bengalinha, cair depois de tropeçar, num destes blocos, ficando gravemente ferida numa perna e nas costas, tendo que ser transportada para uma unidade hospitalar, onde ficou internada.

Este grupo de "canas" assistiu a tudo e, pelo seu dançar, até parece que nada se havia passado. 

Agora quem são os responsáveis de tão selvagem ato? Serão mesmo as canas?

Frase(s)

Segue o teu amigo se esse te levar pelo caminho do bem. Caso contrário, olha-o nos olhos e diz-lhe: Segue-me.
( Nataline )

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Os contrastes poéticos da natureza viva

Sou uma árvore "dançando" ao vento
Não penso, mas tenho sentimento
Gosto de me vestir de folhas coloridas
Não gosto de me ver sozinha e nua
E a minha presença em qualquer rua
Esteja despida, vendo as folhas caídas


Abandonada, meus ramos ondulando
Até parecem que estão procurando
A luz apagada do meu amigo candeeiro
A noite está chegando, escurecendo
E a luz do luar nos vai aquecendo
Iluminando até o meu companheiro


Tristes as minhas folhas amarelecidas
Jazem pelo chão, velhas, esquecidas
Ninguém as quer, solidão, abandono
Foram minha fresca "roupa" noutra era
Taparam a minha nudez na Primavera
Deixaram-me nua nos ventos do Outono

Frase(s)

Se a tua roupa usada já não te serve, não a deites no lixo. Lembra-te que para outro alguém será roupa nova.
........................
Fotos minhas
" Nataline"

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Amor em Passarela de fresco mar ( Poetizando e Encantando )

63.ª Edição do Poetizando e Encantando


..


Imagino os poemas mais belos que me fazem lembrar
Os momentos que passámos na passarela, namorando
Sentindo em nosso corpo, o frescor das águas do  mar
E entre carinhos e beijos, promessas, fomos trocando
..
Consigo imaginar o poema que sempre quis escrever
Nos teus lábios sussurrar melodias da noite estrelada
Em teus braços ternos me sentir querida e desfalecer
Viajando através do infinito, como uma deusa amada
..
Fresca maresia que esbate nos nossos férteis desejos
Fina passarela de madeira, que pelo mar, quer entrar
Olhas-me fixamente, oferecendo-me, cálidos beijos
Em que sinto, o meu coração, pelo teu, se apaixonar
..
Perturbante o carinho das tuas mãos que me afagam
Fazendo-me tremer com o que dizes ao meu ouvido
Tiras de fina madeira que baladas de amor, sufragam
Sendo o futuro composto, de um fresco mar, contigo
..
..


É com todo o gosto que, na forma poética, o nosso blogue Olhares e Deslumbres, se associa ao convite da profª e poetisa Lourdes Duarte,  administradora do distinto blogue,  Filosofando na Vida
.....................
Frase

Olhe o seu semelhante, olhos nos olhos, e ofereça-lhe o seu lenço, caso esses estejam em lágrimas
(Nataline)
... Nataline ...


terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Vivacidades e deslumbres

Quando tudo acaba...mas a beleza continua a querer encobrir estórias passadas...

Na vivacidade da vida toda a beleza natural tem o seu deslumbre...

'Por vezes o tempo é o "inimigo" na nossa vontade'

Daniela Branco.
Feliz mês de Dezembro para todos nós. 

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Beleza rompendo o céu


Dizem, que a beleza das coisas não está no tamanho. No entanto, existem plantas  - neste caso um cacto - que mais parece um candeeiro de rua, iluminando o olhar de quem passa...


Existem várias formas de apreciar a beleza da natureza e de a interiorizar...basta olha-la, e apreciá-la com o coração.   

' Daniela Branco'

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Estores naturais, em janelas, sendo alguns anti-roubo.

Regressando de uma viagem de trabalho é com enorme gosto que volto a publicar aqui umas curiosidades a que achei muita graça. Beijinhos de amizade.


Estore em fios de verdura, cujas folhas contém um líquido viscoso
chamado de "anti-moscas"


Estore anti-roubo. Algum ladrão conseguirá entrar por esta janela?


Estore anti-renda. Diversos galhos entrelaçados a fazer lembrar 
as cortinas de renda que, sem dúvida, já não se usam


Estore em janela, vigia anti-roubo, das armas de Tancos. Foi agora 
implementada, a fim de se tentar capturar o ladrão das armas

FRASE

Que em cada coração exista uma janela por onde entre a Paz, o Amor e, essencialmente, a Saúde Física, Maternal, e de Solidariedade.

terça-feira, 2 de outubro de 2018

"Filosofando na Vida" Alma que voa e sonha

Olhares deslumbrantes
e um cheiro a natureza verde ...
Os raios de sol
que penetram nos arvoredos …
Pensamentos vagueando
qual alma que voa e sonha...
É a primavera que cresce e floresce
em tons de iluminados segredos...
Porque o outono já chegou 
mas perdeu-se de amores...
Por um verão que tanto tardou
mas voo, em deslumbramento sem medos...




'Nunca duvides da força da Natureza'
Daniela Branco.
****************


Imagem relacionada
É sua..
Apesar da falta de tempo, e em meu nome, e da Nataline, pedimos desculpa aos nossos leitores amigos pela ausência. Para compensar deixo uma pequenina participação e iteração com o  BLOG da Poetisa Lourdes.  Filosofando na Vida: Ed: 55.